Entretenimento
23/12/2016 1 min de leitura

6 filmes alternativos sobre tecnologia (para ver nesse fim de ano)

Para se divertir!

Confira as nossas sugestões para você assistir no recesso!

Se você é superfã de tecnologia, provavelmente já viu os filmes mais famosos sobre o tema que estão por aí – se bobear, tem até pôster de Matrix ou Blade Runner pendurado pela casa. E com um pouco de tempo livre que acompanha as festas de final de ano, surge a dúvida: o que assistir então? Não se preocupe! O Dialogando preparou uma lista com filmes sobre tecnologia que fogem do circuito mais popular e são diversão (e reflexão) garantida para essa época.

1. Gattaca – Experiência genética (1997)

Em um mundo em que as tecnologias reprodutivas se desenvolveram ao ponto de criar uma sociedade dividida a partir da qualidade do DNA das pessoas, acompanhamos a aventura de Vicent Freeman (Ethan Hawke), um homem com um material genético considerado inferior em sua jornada para realizar o sonho de se tornar um astronauta – uma profissão reservada para a elite genética. Além de ser uma história interessante, o filme aborda temas muito importantes como manipulação e determinismo genético, controle social e as consequências extremas que certos tipos de tecnologia podem impor para uma sociedade.

2. THX 1138 (1971)

Esse foi o primeiro filme escrito e dirigido por George Lucas, o gênio por trás do universo de Star Wars. Já com uma linguagem que se tornaria a marca do diretor, THX 1138 conta a história de um casal que subverte das imposições da sociedade distópica em que vivem em nome do amor. A tecnologia pinta o cenário de um mundo subterrâneo todo construído a base do controle – os humanos são vigiados por robôs, entretidos por televisões holográficas e dopados o tempo todo com drogas inibidoras de comportamento em nome da paz.

3. Mulheres perfeitas (2004)

Com um tom bem mais leve, porém mantendo uma mensagem impactante, Mulheres Perfeitas acompanha a história de Joanna (Nicole Kidman), uma produtora de TV bem-sucedida, que surta ao perder o emprego e é levada pelo marido (Matthew Broderick) para a pacata Stepford, uma cidade no subúrbio do Connecticut. Ao conviver um pouco com sua nova vizinhança, Joanna tem um estranhamento: todas as mulheres estão sempre muito felizes e satisfeitas, seguindo à risca as ordens e os desejos dos maridos. A partir de então, ela passa a investigar o que se passa nesse universo quase paralelo. Mesmo não parecendo de imediato um filme sobre tecnologia, esse é um fator muito importante para a trama, que reserva boas surpresas.

4. Catfish (2010)

Essa é pra quem curte documentários! Catfish conta a história real de Nev Schulman, um fotógrafo nova iorquino de 24 anos de idade, que conhece Megan Faccio, uma artista de 19 anos de Michigan, pelo Facebook. Eles desenvolvem um relacionamento, com direito a telefonemas, troca de presentes e até apelidos carinhosos, e Nev decide ir até a fazenda da família de Megan, onde encontra uma grande surpresa. O documentário foi muito bem recebido pela crítica e aclamado no Festival de Sundance no ano de seu lançamento, e retrata muito bem as ilusões que as redes sociais nos permitem criar.

5. Particle fever (2014)

Outro documentário que traz dessa vez uma reflexão muito interessante sobre as conquistas que a tecnologia está realizando atualmente. Particle fever mostra do ponto de vista de 6 físicos a expectativa e a experiência de toda a comunidade científica com o lançamento do LHC, o maior acelerador de partículas do mundo. Por que isso é muito interessante? Porque é através desse aparelho que os cientistas puderam comprovar a existência da partícula Bósson de Higgs, o elemento que faltava para ratificar uma teoria supercomplexa que explica grandes fenômenos naturais.

6. O Fantasma do Futuro (1995) 

Ambientado em 2029, esse é um filme de animação japonesa que conta a história do Esquadrão Shell na caça de um hacker criminoso, que roubou informações do governo e é capaz de controlar mentes. A líder do Esquadrão, Major Motoko, tem um corpo quase completamente modificado e se junta a Bateau e Togusa nessa busca que os leva a uma trama de conspirações envolvendo até mesmo membros da alta hierarquia do Ministério.

EXTRA: La jetée (1962)

Essa indicação é um curta-metragem de 28 minutos e por isso entra como extra! La jetée conta história dos poucos sobreviventes da Terceira Guerra Mundial que vivem em Paris e buscam por recursos básicos para continuar vivendo. Um homem tenta construir uma máquina do tempo para conseguir buscar água, comida ou até mesmo uma solução para que toda a devastação que aconteceu com o embate seja evitada. É um marco na Nouvelle Vague e um dos maiores clássicos da ficção científica.

VOLTAR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados