Segurança
11/11/2015 3 min de leitura

Pesquisando com segurança

A Internet é uma das ferramentas utilizadas para enriquecer o conhecimento, mas é preciso orientar crianças e adolescentes a fazerem buscas com segurança on-line.

No mundo conectado de hoje, a Internet é uma das ferramentas mais utilizadas para pesquisas escolares e outros trabalhos que envolvam produção de conhecimento.

É possível encontrar praticamente qualquer coisa sobre qualquer assunto. Porém com a enorme quantidade de informações disponíveis, é preciso orientar crianças e adolescentes a fazerem buscas inteligentes on-line.

Muitas vezes, palavras banais podem trazer como resultado conteúdos considerados incompatíveis com a fase de amadurecimento de crianças e adolescentes, o que reforça a importância do acompanhamento de um adulto.

Por conta disso, configurações de pesquisa segura estão disponíveis nos sites de busca e podem adequar os resultados à idade do usuário. Há ainda ferramentas que fazem o bloqueio por categorias (por exemplo, “drogas” ou “sexo”). Elas podem ser compradas em empresas especializadas em segurança. Há muitas ferramentas disponíveis no mercado, mas elas não garantem inteiramente o bloqueio e restrição de conteúdo, nem substituem o acompanhamento e mediação dos pais. Antes de pensar em programas eletrônicos de controle parental, considere quanto tempo seu filho permanece on-line e o quanto você pode fornecer de supervisão a ele.

Além das ferramentas de controle parental não serem 100% eficazes, a melhor estratégia de proteção é o acompanhamento e a orientação dos pais. Para isso, é muito importante haver um espaço de conversa sobre os conteúdos e as experiências de seu filho na Internet e sobre os cuidados que precisa ter – especialmente ao acessar sites que podem não ser seguros ou se expor a riscos ao entrar em contato com estranhos.

O importante é permitir o acesso com regras e limites negociados, para não privar os filhos dessa importante tecnologia de comunicação, estudo, diversão e pesquisa. Diálogo e orientação continuam sendo a melhor maneira de construir um comportamento saudável e ensinar crianças e adolescentes a desenvolverem seu próprio senso de responsabilidade.

Oriente seu filho para que sempre o procure, ao acessar algum conteúdo que cause medo ou desconforto. Independentemente do que for, mostre-se aberto para o diálogo e esteja disponível. Demonstre que você pode protegê-lo sempre.

VOLTAR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados