Inovação
10/10/2016 2 min de leitura

A idade ideal para cada rede social

Uma criança de dois anos muitas vezes já sabe ligar um tablet e escolher um vídeo no Youtube. Com cinco anos algumas delas já têm o seu próprio smartphone e com sete ou oito a maioria delas começa a cobrar os pais sobre quando poderão entrar nas redes sociais.

Uma criança de dois anos muitas vezes já sabe ligar um tablet e escolher um vídeo no Youtube. Com cinco anos algumas delas já têm o seu próprio smartphone e com sete ou oito a maioria delas começa a cobrar os pais sobre quando poderão entrar nas redes sociais. A pressão ainda vai além, com tantos youtubers mirins o desejo das crianças e pré-adolescentes em ter os seus próprios perfis e de fato começar a ter uma vida social no ambiente digital enlouquece a cabeça dos pais sobre qual seria o momento certo para isso.

A maioria das redes sociais recomenda uma idade mínima de 13 anos para criação do primeiro perfil. Nas regras da rede social mais acessada no mundo diz: “Você não deve usar o Facebook se for menor de 13 anos”. Entretanto são inúmeros os perfis de crianças nessa e em outras redes. A prática mais comum é mentir na idade e burlar a regra na hora de criar o seu perfil pessoal.

Um dos cuidados que os pais precisam ter é em relação ao assédio a menores em redes sociais. Acompanhe as redes dos seus filhos, incluindo os arquivos privados (mensagens inbox e whatsapp) e fique atento a qualquer contato de algum outro adulto desconhecido. É importante conhecer o funcionamento das redes sociais que eles estão se cadastrando para instruí-los sobre os melhores usos de cada uma delas.

No fundo não há uma idade ideal ou certa para as crianças e pré-adolescentes entrarem nas redes sociais. Seguir a regra das redes sociais pode ser um bom parâmetro e argumento a ser usado com seu filho. Confira então a idade mínima exigida para cadastro nas principais redes sociais:

facebook-icoFacebook – 13 anos

Ao se cadastrar é necessário incluir a idade e concordar com os termos da “Declaração de Direitos e Responsabilidades do Serviço”, e é ao aceitar esse documento que o usuário confirma que tem a idade mínima para se cadastrar. É importante lembrar que nessa rede, os posts com a opção de privacidade “público” ficam visíveis para qualquer pessoa, inclusive fora do Facebook.

insta-icoInstagram – 13 anos

Além da idade mínima, os termos de uso também proíbem qualquer conteúdo que suscite entre outros fatores violência, nudez e discriminação.

twitter-icoTwitter – 13 anos

Na sua “Política de Privacidade” a empresa indica que se tiver conhecimento de uma criança com idade inferior a 13 anos com uma conta, o perfil será encerrado.

whats-icoWhatsApp – 16 anos

A idade mínima está em destaque nos termos de uso, mas a maioria dos pais desconhece essa regra.

snap-icoSnapchat – 13 anos

Além da idade mínima, se o usuário tem entre 13 e 17 anos o Snapchat ainda requer que um responsável revise os termos de uso e que esteja de acordo com o contrato.

VOLTAR

3 Comentários

  • Rodrigo disse:

    Bacana, não, os pais não devem ficar vendo as mensagens de seus filhos ou arquivos privados. Devem, sim, instruir seus filhos de como usar, dar uma certa responsabilidade na hora certa. Essa tal hora certa pode ser quando a criança já tem conhecimento do mundo onde está vivendo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados