Segurança
06/01/2016 4 min de leitura

A moda de compartilhar nudes, sem consentimento!

O compartilhamento de fotos ou vídeos íntimos em aplicativos como o WhatsApp e Snapchat é a nova ameaça ao sossego dos pais.

De tempos em tempos aparecem novas modinhas que viram febre entre crianças e adolescentes. O compartilhamento de fotos ou vídeos íntimos em aplicativos como o WhatsApp e Snapchat, por exemplo, é a nova ameaça ao sossego dos pais. A prática ficou conhecida como sexting, uma combinação entre as palavras sex (sexo) e texting (envio de mensagens). Na linguagem da Internet, esse fenômeno se viralizou com a expressão “manda nudes!”

No auge de suas descobertas sexuais, os adolescentes são impulsionados a mostrarem seu corpo e, em troca, espiarem o dos outros. Muitos aceitam se expor como uma prova de amor ou de amizade. Para essa geração, isso é encarado como uma forma natural de relacionamento e de viver suas primeiras experiências sexuais no ambiente on-line.

O problema é que ao fazerem isso, eles nem sempre pensam nas consequências que podem gerar. Em muitos casos, essas imagens são compartilhadas na velocidade das redes, de celular para celular e, por fim, são acessadas por milhares de pessoas. Vale o alerta – quando as imagens de nudez são de menores de idade, se configura crime de posse e distribuição de pornografia infantil.

Um levantamento da ONG SaferNet aponta que em 2014, dentre os 1.225 pedidos de ajuda e orientação psicológica atendidos, 224 foram relacionados a casos de sexting – um aumento de 120% em relação a 2013 – quando foram registrados 101 casos. Desses registros, 81% das pessoas que tiveram nudes vazados na rede eram meninas e mulheres, isso significa que compartilhar nudes, sem consentimento, é um tipo de violência de gênero, pois são as meninas as mais afetadas. Outro dado importante é que 25% delas eram menores de idade.

Para conscientizar os internautas sobre as consequências do compartilhamento de imagens íntimas na internet, a A SaferNet lançou uma campanha global de alerta para o fato de que. A internet não guarda segredos e propõe: Mantenha a sua intimidade off-line. Veja imagem da campanha:


imagem_safernet

VOLTAR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados