Comportamento
14/03/2017 2 min

Aplicativos de relacionamento e redes sociais LGBT

Tecnologia ajuda pessoas com preferências semelhantes marcarem encontro. Será que vai dar namoro?

Cansou da solteirice e está em busca de seu par ideal?  A tecnologia dá um empurrãozinho e coloca os aplicativos como ótimos aliados na hora de encontrar o pretendente perfeito para aquele jantar a dois, passeio no parque ou até mesmo curtir a noite em uma casa noturna.

Para facilitar ainda mais a sua vida, reunimos aqui uma lista de apps de encontros e relacionamentos desenvolvidos para a comunidade LGBT, com os mais diferentes formatos e propostas. Confira a lista completa e boa paquera!

  1. Grindr

Lançado em 2009, o aplicativo é um dos mais famosos e se baseia pelos dados de geolocalização do usuário.  Por meio dele, é possível ver pretendes em potencial que estão mais próximos de você, fotos e bate-papo.

  1. Hinge

Este aplicativo é ideia para aqueles que não se sentem à vontade de se encontrar com desconhecidos. A ferramenta faz buscas por parceiros a partir da sua lista de amigos no Facebook e perfis que tenham amigos em comum.

  1. Moovz

Rede social global para gays, lésbicas, bissexais e transsexais, o Moovz conecta a comunidade LGBT em todo o mundo. No app, é possível publicar e compartilhar vídeos, imagens e conteúdos nos feeds.

  1. By Concierge

Lançado no ano passado, o aplicativo reúne estabelecimentos para lazer, serviços e entretenimento gay. O mais legal é que o By Concierge possui dicas, notícias, informações e estabelecimentos especializados que são na pegada friendly. O app está disponível para Android e iOS por US$ 1,99.

  1. Hornet

Com interface semelhante ao Grindr, esse aplicativo é recomendável para as pessoas que estão à procura de um relacionamento sério. Nele, as pessoas se interessam mais pelas conversas e a curtição acaba sendo uma consequência de um possível “date”.

  1. Her

O aplicativo é desenvolvido especialmente para mulheres. Assim como o Tinder, possui o recurso do “match” e algumas diferenciações em plano upgrade, com assinatura e taxas. A busca por outro usuário baseia-se pela geolocalização e preferências de pesquisa.

  1. Charlat: Chat Gay & Encontro Gay

Invenção de um brasileiro, o app se define como o lugar perfeito para encontrar um “relacionamento sério, amizade ou azaração”. Na busca, o usuário tem a opção de selecionar para qual finalidade está na rede e, se der “match”, o papo se inicia.

  1. Wapa

Um dos primeiros aplicativos lésbicos no Brasil, o Wappa permite a publicação de cinco fotos no perfil do usuário, além da inserção de informações pessoais – como altura, peso e idade. É possível conversar com qualquer pessoa que seja membro da rede e que está próxima à sua localização.

VOLTAR

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

12/05/2017 - Matéria 3 min

Tempo de leitura

Mães.com