Comportamento
16/03/2017 2 min

Tecnologia a favor da conexão familiar

Como as novas tecnologias colocaram a terceira idade em contato com seus familiares

Enquanto muitas pessoas acreditavam que as novas tecnologias iriam afastar as pessoas do seu círculo de amigos e familiares, pesquisas têm mostrado que não é bem assim. Se antigamente as pessoas ao se mudarem de cidade perdiam contato com amigos e familiares, hoje as redes sociais e aplicativos de mensagem instantânea permitem que você continue fazendo parte da vida delas sem dificuldade alguma com os celulares.

E se você pensa que o contato através das novas tecnologias é algo dos jovens, saiba que o cenário vem mudando cada vez mais rapidamente. Nos Estados Unidos, 62% das pessoas acima de 65 anos usaram o Facebook em 2016, de acordo com a Pew Research Center. Já os apps de mensagem ainda são mais adotados pelos jovens, apenas 19% das pessoas acima de 50 anos usaram o dispositivo, mas este é um número em crescimento. As pessoas com idade mais avançada veem nesses ambientes a oportunidade de manter fortalecidos seus vínculos familiares e continuar desempenhando seus papéis sociais.

Mas não são apenas os idosos que se beneficiam com isso. Recentemente, a Academia Americana de Pediatria reviu suas recomendações sobre as crianças e as telinhas. Dentre os vários limites colocados, o único uso de celulares e tablets que foi indicado para qualquer idade é para vídeo-conferência entre familiares e amigos, que oferece estímulos cognitivos e sociais para crianças pequenas e bebês também, além da carga afetiva dos adultos, que graças a esses dispositivos podem se sentir próximo daqueles que amam.

Com o uso correto das novas tecnologias, não apenas é diminuída a sensação de distância física, mas também a distância entre as gerações. De bebês a idosos, é possível uma troca significativa de experiências inimaginável há décadas atrás.

E você, se conecta com familiares também no mundo digital?

dialogando_terceira_idade

VOLTAR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados