Sustentabilidade
02/01/2018 4 min

Vivo convida brasileiros a vivenciarem novos olhares com a campanha #Repense18

Operadora consolida o posicionamento Menos do Mesmo, em campanha com reflexões sobre conceitos pré-estabelecidos

A Vivo estreia a campanha “#Repense2018” e encerra o ano de 2017 convidando o público a refletir sobre diferentes possibilidades e a viver menos os padrões e conceitos pré-estabelecidos. Seguindo o posicionamento “Viva Menos do Mesmo”, o filme aborda assuntos em pauta na sociedade contemporânea propondo que pessoas reavaliem suas opiniões a respeito de temas como a capacidade das pessoas com deficiência, ditadura da beleza, a questão dos refugiados e movimentos culturais como grafite e funk.

Com veiculação em TV aberta e internet, o filme, criado pelas agências Y&R e Wunderman, sugere olhares positivos para temas sensíveis na sociedade e nas redes sociais. A construção criativa faz uma alusão a sites de busca na internet, emolduradas por cenas de diferentes pessoas reais vivendo um momento das suas vidas. Assista o filme completo aqui.

“Durante o ano de 2017 trabalhamos o conceito Viva Menos do Mesmo, que contribuiu para a construção do nosso posicionamento de forma mais opinativa, abordando temas atuais e relevantes para as pessoas. Assim, assumimos um papel de protagonista para discutir questões que vão além de serviços de conexão e de tecnologia. Acreditamos que uma marca contemporânea, como a Vivo, deve acompanhar e participar das conversas e discussões que ocorrem na sociedade”, explica a diretora de Imagem e Comunicação da Vivo, Marina Daineze.

De acordo com Rafael Pitanguy, VP de Criação da Y&R, para definir os temas tratados na produção as agências fizeram um trabalho de pesquisa e acompanhamento dos assuntos debatidos nas redes sociais ao longo do ano. “As redes são o termômetro da sociedade e a publicidade não pode ficar à margem das discussões. Para a campanha ter relevância e entrar no diálogo com o consumidor é preciso que ela expresse opiniões”, completa Pitanguy.

Completam a campanha três minidocumentários exclusivos para internet. Esses conteúdos mostram com mais detalhes algumas das histórias reais do filme: plus size, refugiada e um ator e bailarino com síndrome de down. Assista os minidocs aqui.

VOLTAR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados