Inovação
09/04/2018 4 min

Tempo de leitura

Conhecimento para todos e para cada um

A Inteligência Artificial revoluciona o aprendizado ao agregar capacidade de análise e customização do conteúdo

Estimativas apontam: até 2040, estaremos vivendo em outra sociedade, pavimentada pela revolução da Inteligência Artificial (IA). Parece longe, mas as crianças que começaram o jardim de infância em 2017, estarão se formando em 2030 e integrarão a força de trabalho nesse período. Será a primeira geração a se beneficiar da chamada EdTech, um conjunto de tecnologias inovadoras que já começa a promover mudanças significativas nos processos de ensino e aprendizado, levando a aquisição de conhecimento a um novo patamar.

“Acreditamos que um conteúdo só é valioso quando atinge as pessoas que precisam dele e que o utilizam para um propósito”, destaca Luis Novo, fundador da Skore, startup impulsionada pela aceleradora Wayra como parte do programa de inovação Telefonica Open Future. A plataforma desenvolvida pela empresa atua como um hub de conhecimentos, que permite a organização das informações de maneira customizada, habilitando ainda o compartilhamento e apoiando a condução de treinamentos.

“Nesta solução, a IA identifica os assuntos mais relevantes para cada usuário, equipe ou organização, a partir da observação e entendimento do que é inserido ou acessado”, explica Novo. “É uma tecnologia poderosa que pode ser usada para o bem e para o mal, que precisa se adequar a modelos de governança para não perdermos o controle, mas que proporciona uma maneira diferenciada e moderna de preparar as pessoas para alcançar seu maior potencial e realizar mais”, diz o executivo.

A capacidade de análise e classificação agregada pelos sistemas de Inteligência Artificial abre a possibilidade a professores e escolas de gerenciar o desempenho individual de cada aluno, identificar suas dificuldades e  recomendar exercícios ou material de apoio adequado, de maneira fácil e rápida. A compilação de dados e tendências auxilia ainda na criação de padrões mais efetivos de aprendizado. A internet ajudou a quebrar barreiras e alavancou os tutoriais on-line.

Na plataforma de mídia social Brainly, onde milhões de estudantes se conectam para receber orientações e tirar dúvidas nas lições, o sistema consegue mapear a qualidade das respostas enviadas e colocar usuários com as mesmas demandas em contato. No Coursera, onde estão disponíveis diversos cursos em parceria com universidades, os professores inclusive recebem alertas quando, por exemplo, há um alto índice de erro em determinada questão. O Third Space Learning é focado em matemática e está empenhado em elaborar um guia de melhores práticas com as estratégias mais efetivas para ministrar a temida disciplina.

VOLTAR

Gostou da notícia? Esse artigo te fez pensar diferente?

Curta quantas vezes quiser e mostre o quão relevante foi esse conteúdo pra você!

Conta pra gente o que você achou e comece uma conversa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados