Comportamento
25/06/2018 5 min

Tempo de leitura

Plataforma ajuda LGBTs a encontrar novo lar

Aliada no combate ao preconceito, tecnologia conecta pessoas expulsas de casa a lares de acolhimento

Um aplicativo criado por um grupo de universitários de Pernambuco ajuda vítimas de LGBTfobia a encontrarem um novo lar. O Mona Migs conecta pessoas que foram expulsas de casa, após situações de tensão familiar devido à orientação sexual, com quem está disposto a acolher essas vítimas do preconceito. Além do abrigo, os acolhidos têm orientação de onde encontrar acompanhamento psicológico por meio de projetos sociais.

Como funciona

Para se inscrever no Mona Migs como acolhido, basta entrar no site da iniciativa e clicar na opção “Preciso de Ajuda”, informando seus dados e a rede social.

Para quem quer se tornar um acolhedor, é preciso escolher “Quero Ajudar” e informar nome, e-mail, telefone e rede social. Há a possibilidade de escolher por quanto tempo disponibilizará um espaço para o acolhido. Também poderá deixar o cadastro inativo nos períodos em que não poderá acolher.

De acordo com a localização dos usuários, o site promoverá um chat entre acolhedor e acolhido, e eles poderão conversar sobre o acolhimento.

Conheça outras inciativas

Projeto Casa 1 – São Paulo
Casa Nem – Rio de Janeiro
Casa Cristal Lilás – Salvador
Casa Transvest – Belo Horizonte

Assista ao vídeo e veja como a tecnologia e o combate ao preconceito transformam histórias:

VOLTAR

Gostou da notícia? Esse artigo te fez pensar diferente?

Curta quantas vezes quiser e mostre o quão relevante foi esse conteúdo pra você!

Conta pra gente o que você achou e comece uma conversa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Comentários

  • Juraci Vieira Gutierres says:

    Ficou muito bom. Tive a sensação de ter participado da construção desse vídeo.
    Compartilharei, com certeza.

Artigos relacionados