Dialogando Dialogando

Estreia do skate nas Olimpíadas: conheça nossos atletas e apps desse esporte super-radical!

Estreia do skate nas Olimpíadas: conheça nossos atletas e apps desse esporte super-radical!

O skate nas Olimpíadas (até que enfim!) é uma realidade. E a categoria batalhou muito contra os fantasmas do preconceito para, agora, ter o sonhado espaço reconhecido na famosa competição.

Sua estreia será em 23 de julho, em Tóquio, e cabe a nós prestigiar esse momento e, por que não, investir em uma manobra ou outra para iniciantes, com responsabilidade?

Você sabia que existem aplicativos dedicados aos fãs e praticantes do esporte? Eles podem dar aquela força inicial para te ajudar a surfar no asfalto com mais segurança, por rolês emocionantes com o uso consciente da tecnologia. Confira!

Skate Tricks

O app te prepara para iniciar no skate, com o passo a passo das principais manobras. Mostra a forma correta de encaixe dos pés com vídeos demonstrativos em câmera lenta para você não perder nenhum detalhe. 

O app de esportes radicais gratuito está disponível para Android e IOS.

Streeet Skateboarding Tricks

Além das lições que prometem fazer usuários avançarem da categoria iniciante à de especialista, o app indica skateparks e pontos de rua mais movimentados do circuito.

Vista-se de coragem e não esqueça seus acessórios de proteção. Vá ao encontro da galera que está em contagem regressiva para a estreia do skate nas Olimpíadas e aprenda com quem já tem mais experiência.

Street Skaterboarding Tricks é um dos aplicativos de esporte gratuitos com comunidades em todo o mundo e está disponível para Android e IOS.[4] 

Flip Skater

Esse é para quem quer dar a volta ao mundo sem necessariamente sentir aquela ‘adrena’ típica dos esportes radicais.

Um jogo em que você desliza pelas rampas em alta velocidade, visita pistas de países de todos os continentes e ganha pontuações a cada acerto virtual de manobras incríveis, que te levam para o alto: nose grabs, rocket airs e frontside airs são algumas delas. É no ar, e avante![5] 

Gratuito, o app também está disponível para Android e IOS.

Nosso Time

Claro que com o skate nas Olimpíadas você não pode deixar de saber quem são os atletas brasileiros selecionados para a competição. Conheça abaixo esse time!

Kelvin Hoefler: o principal nome do país na modalidade de esportes radicais fechou as semifinais com a terceira melhor nota (32,51).

Reprodução: Instagram

Felipe Gustavo: o brasiliense, junto com Kelvin Hoefler, faz parte do ranking dos 100 melhores skatistas do mundo avaliados pela Federação Mundial de Skateboard.

Reprodução: Instagram.

Giovanni Vianna: o ruivo do ABC paulista, famoso reduto do esporte, promete agitar a estreia do skate nas Olimpíadas. Em 2020, entrou para a lista dos nomes profissionais, é jovem e está com muito fôlego para mostrar por que faz parte da delegação nacional.

Reprodução: Instagram.

Rayssa Leal: um dos maiores orgulhos dos esportes radicais do país, a jovem maranhense de 13 anos entra nessa lista para mostrar que lugar de garota é nas alturas. Foi a única brasileira a subir ao pódio do Mundial de Skate Street de Roma deste ano, com a conquista do bronze na competição.

Reprodução: DW

Pâmela Rosa: do interior de São Paulo, a atual campeã mundial da modalidade street já é uma das maiores rivais das demais competidoras na categoria. Ficou conhecida mundialmente em 2015, aos 15 anos, ao conquistar a medalha de prata no X- Games.

Reprodução: Farol News

Letícia Bufoni: da Vila Matilde, zona leste de São Paulo, a atleta vai, na certa, roubar a cena do skate nas Olimpíadas. A modalidade, aliás, chegou em seu estágio de excelência com essa potência, que entrou para o Guinness Book como a skatista que mais ganhou medalhas em X-Games: foram 11 no total, entre 2010 e 2019.

Reprodução: Torcedores

Pedro Quintas: o paulista foi o sexto atleta da categoria confirmado para as Olimpíadas e representará o Brasil na modalidade Park.

Reprodução: Instagram.

Pedro Barros: o heptacampeão mundial de skate de Floripa é apontado por muitos especialistas dos esportes radicais como o sucessor dos lendários Sandro Dias e Bob Burnquist — o que já sugere o motivo pelo qual é uma grande promessa na competição.

Re´produção: Instagram

Luiz Francisco: de Lorena (SP), é um dos principais nomes da modalidade Park da atualidade. Seus maiores destaques foram um segundo lugar conquistado no Oi Park Jam e um terceiro lugar no X-Games de Minneapolis (EUA).

Reprodução: Esportelandia

Dora Varella: cultiva um estilo de andar leve e fluido e já é considerada a mais bem preparada atleta classificada para a disputa na categoria Park.


Reprodução: Olimpiadatododia

Isadora Pacheco: a jovem catarinense de 16 anos é outra promessa da modalidade Park na estreia do skate nas Olimpíadas. Atualmente, é a oitava colocada no ranking da World Skate, federação internacional do esporte.

Reprodução: Sportbuzz

Yndiara Asp: também de Santa Catarina, a atleta, de carreira consolidada, teve o melhor desempenho entre as brasileiras no Dew Tour, em Iowa (EUA), última seletiva da modalidade Park que definiu os atletas que vão chacoalhar a competição.

Reprodução: Lance

Agora que você já conhece o time completo, prepare seu fôlego. Torça por nossos atletas, inspire-se nesse esporte radical e avalie adquirir seu próprio skate!

Fonte: Dialogando - Estreia do skate nas Olimpíadas: conheça nossos atletas e apps desse esporte super-radical! (2021)

Deixe uma resposta

O campo mensagem deve conter pelo menos 3 caracteres
Estreia do skate nas Olimpíadas: conheça nossos atletas e apps desse esporte super-radical! 2021-09-16 18:57:35
Newsletter

Receba nossas notícias e fique por dentro de tudo ;)