Ouça o podcast: Você é a CEO – um bate-papo sobre empreendedorismo feminino

Empreendedorismo feminino é um movimento que cresce no mundo inteiro. Fruto das lutas pela garantia dos direitos das mulheres, com mira para a equidade de gênero, o tema traz, além da prestigiada diversidade, uma quebra de paradigmas e uma desejável renovação no mundo dos negócios.

É fundamental e saudável para a geração de um ecossistema empreendedor que propicie o surgimento de novas empresas e uma evolução mais igualitária das famílias. Mas inclusão é um tema que nos impõe, antes de tudo, a falar sobre exclusão. E quando a pauta é empreendedorismo feminino no Brasil, o fato é que estamos frente a um grande desafio social.

O Female Founders Report 2021 mostrou que apenas 0,04% do volume investido em startups em 2020 foi destinado às organizações lideradas por mulheres no país. Já o levantamento Sebrae 2020 mostra que, durante a pandemia, o setor mais afetado foi o de mulheres negras: 36% delas fecharam suas empresas ou abandonaram seus negócios.

Para termos uma visão mais macro: na América Latina, por exemplo, os aportes em startups fundadas apenas por mulheres passaram de US$ 14 milhões em 2019 para zero em 2020. Os dados são da pesquisa Crunchbase.

Aí fica a pergunta: será que a aposta no empreendedorismo feminino é equivocada?

Bem, o que não faltam são dados para comprovarmos que a resposta é apenas uma: não.

A First Round Capital descobriu que empresas fundadas por mulheres seguem com desempenho 63% melhor do que as fundadas por homens, enquanto a pesquisa da Fundação Ewing Marion Kauffman comprovou que equipes lideradas por elas geram 35% de retorno de investimento maior do que as lideradas por homens.

Mas, como driblar tantos impasses de recorte na era digital para cravar um lugar ao sol no mundo feminino do business?

A resposta para estas e outras perguntas quem nos traz é…

Manu Dubeaux

Pense em uma pernambucana incapaz de passar despercebida onde quer que vá e prepare-se para um bate-papo que vai te fazer enterrar velhos conceitos, com dicas valiosas para empreender nos tempos modernos.

Ela é psicóloga, empreendedora (claro!) e apaixonada por negócios de impacto liderados por mulheres, que geram transformações. Faz o que quer, fala o que pensa, transborda alegria e, acima de tudo, provoca o público feminino a aceitar o próprio valor!

A pernambucana está à frente das operações da Power, empresa pautada nos Princípios de Empoderamento das Mulheres (WEPS, da sigla em inglês) desenvolvidos em conjunto com a ONU Mulheres e a Rede Brasileira do Pacto Global.

Sua Escola de Negócios Online acolhe mulheres que desejam empreender e empreendedoras na ativa que desejam injetar inovações em negócios com pegadas mais tradicionais, seja modelando o seu posicionamento nas mídias ou estruturando os pilares financeiros, conectada com um time de especialistas de diferentes áreas de negócios.

Apenas aceite. Não tem como não dar o play! Preparada?

Fonte: Dialogando - Ouça o podcast: Você é a CEO – um bate-papo sobre empreendedorismo feminino (2022)

Deixe uma resposta

O campo mensagem deve conter pelo menos 3 caracteres
Ouça o podcast: Você é a CEO – um bate-papo sobre empreendedorismo feminino 2022-05-11 12:50:05
Newsletter

Receba nossas notícias e fique por dentro de tudo ;)