redes-wi-fi-publicas redes-wi-fi-publicas

É seguro se conectar a redes Wi-Fi públicas?

É seguro se conectar a redes Wi-Fi públicas?

Que estamos uma boa parte do tempo conectados à internet, todos já sabemos. Mas a possibilidade de conexão não está mais restrita a casas e escritórios. Restaurantes, lojas, aeroportos, estações de trem e metrô e até praças públicas hoje em dia possuem acesso gratuito à rede Wi-Fi.

Um exemplo desta comodidade é o programa Wi-Fi Livre da prefeitura de São Paulo, que conta com mais de 620 espaços públicos em todas as regiões da cidade e esse número continua aumentando. Em Brasília, o programa Sinal Livre também leva conexão gratuita a espaços púbicos no Distrito Federal.

Muitas vezes, nos apressamos para nos conectar, no intuito de postar uma foto no Instagram ou checar a timeline dos amigos, mas vale a pena se perguntar: é seguro se conectar a redes Wi-Fi públicas?

Riscos e benefícios

“O usuário corre alguns riscos adicionais em uma rede Wi-Fi pública, em comparação a uma rede do escritório ou da sua casa. Em uma rede Wi-Fi pública, ele não sabe quais os mecanismos de segurança estão implementados”, comenta Arthur Igreja, especialista em tecnologia e inovação e professor da Fundação Getúlio Vargas. “É importante que a pessoa tenha cuidados adicionais. Pensar duas vezes se vai acessar a conta bancária, por exemplo.”

No entanto isso não significa que não devemos utilizá-las. Para uma conexão segura, o ideal é contar com mecanismos de segurança adicionais nos dispositivos e tomar medidas de prevenção. O Brasil, que hoje possui 57% da sua população conectada, segundo o InfoMoney, investe cada vez mais em infraestrutura de cobertura e em segurança.

redes-wi-fi-publicas

Iniciativas de Wi-Fi público no Brasil

Ações como Wi-Fi Livre e Sinal Livre estão ocorrendo por todo o Brasil e essas conexões podem ser a solução em situações de emergência. Porém é preciso ter precaução. Apesar do investimento em mecanismos de segurança, por serem redes públicas, algumas fragilidades podem ser aproveitadas por cibercriminosos.

Arthur assegura que é possível identificar redes Wi-Fi públicas de confiança: “Os navegadores do smartphone, do tablet e do computador possuem sistemas de verificação, que mostram quando não estamos conectados a uma rede segura. Via de regra, se o usuário tem algum antivírus ou alguma ferramenta de defesa, elas sempre validam as conexões. Se é um hábito acessar redes públicas, é fundamental ter algum software de segurança instalado”.

Em ambientes com grande movimentação de pessoas, como blocos de Carnaval e shows musicais, é comum o uso de redes Wi-Fi públicas para se comunicar com amigos, sendo um recurso muito prático! Porém evite realizar transações bancárias e acessar redes sociais enquanto estiver conectado a uma rede pública, e troque as senhas regularmente. 😉

Fonte: Dialogando - É seguro se conectar a redes Wi-Fi públicas? (2020)

Deixe uma resposta

O campo mensagem deve conter pelo menos 3 caracteres
É seguro se conectar a redes Wi-Fi públicas? 2020-02-19 14:05:23
Newsletter

Receba nossas notícias e fique por dentro de tudo ;)