sistema integrado de segurança sistema integrado de segurança

Sistema Integrado de Segurança: a tecnologia a favor da vida

Sistema Integrado de Segurança: a tecnologia a favor da vida

O Sistema Integrado de Segurança lembra, quase sempre, tudo aquilo que a gente vê na TV e que nos parece distante.

Quer um exemplo?

Quem cresceu assistindo Jetsons, série animada de televisão produzida pela Hanna-Barbera, nunca imaginou que experimentaria as inovações futuristas aplicadas à casa de George, sua esposa Jane e seus filhos Judy e Elroy.

A animação introduziu no imaginário dos fãs da família o que seria o futuro da humanidade: trabalho automatizado, cidades suspensas, carros voadores, robôs à frente do serviço doméstico e eletrodomésticos de todo tipo, funcionando sozinhos.

#PraTodosVerem: imagem dos Jetsons, animação dos estúdios Hanna Barbera, criada nos anos 1950, pela dupla de cartunistas norte-americanos William Hanna e Joseph Barbera. A cena mostra os personagens Jane Jetson (mãe), George Jetson (pai), o filho Elroy Jetson, e a irmã Judy Jetson, sentados no sofá. Atrás, apoiado no sofá, está o cachorro da família Astro. Rosie, a empregada robô da família, está à frente de todos. A sala da casa futurista é decorada com um tapete azul com o sistema solar estampado, e, ao lado do sofá roxo, há uma espécie de abajur, também roxo. O ambiente tem toda sua parede em vidro mostrando a imensidão do céu azul e uma casa futurista amarela com forma geométrica arredondada, construída sobre um pilar com dois anéis que flutuam em seu entorno, tudo com a estética da Era Espacial projetada pelos criadores da animação. Reprodução: Gizmodo Brasil.

Ok. Na era espacial proposta do desenho ainda não conseguimos consumir um milk-shake em uma lanchonete localizada no céu (imagina!). Mas ambientes inteligentes que possam proteger nossa casa remotamente já estão ao nosso alcance. Nesse sentido, já não precisamos mais, por exemplo, esconder embaixo do tapete ou dentro de vasos chaves extras caso a gente perca a nossa pelos caminhos.

Entenda!

Sistema integrado de segurança: o que é?

O Sistema Integrado de Segurança, também chamado de Sistema de Vigilância Residencial, é composto por um conglomerado de equipamentos, dispositivos e recursos que têm por finalidade dar maior segurança a residências, empresas e às pessoas que ocupam esses espaços.

As ocorrências de furtos e invasões de propriedades vêm colaborando para que mais pessoas façam a opção pela inovação, já que ela detecta presenças indesejadas por meio de movimentos e sons, e ainda alerta para anormalidades, como a mudança de temperatura e sinais de fumaça. Tudo isso remotamente, controlado do próprio smartphone.

Porque onde há fumaça há fogo e, em eventual risco de incêndio, situações que, infelizmente, vêm sendo muito comuns nos noticiários podem, na falta de um seguro residencial, representar a perda parcial ou total de um patrimônio, além de custar a vida de quem habita o local.

Componentes

Os recursos aplicados ao sistema podem ser compostos de acordo com os riscos a que estão expostos os imóveis. Hoje, o mercado já entrega um leque amplo de opções para residências, condomínios e instalações corporativas. Confira!

#PraTodosVerem: fotografia colorida de uma mulher jovem que está de frente para um dispositivo eletrônico de segurança fixado na parede. Com a mão direita ela habilita as configurações do sistema integrado de segurança da casa. Ela está usando um suéter cinza com as mangas arregaçadas e uma mochila bege com detalhes em marrom, pendurada nos ombros. O fundo da imagem está embaçado, mostrando a cozinha, um balcão cinza com a bancada branca. Sobre ela está o cooktop e alguns utensílios de cozinha, uma geladeira de inox com muitos ímãs e um interfone fixado na parede.

. Monitoramento via aplicativos

O morador é capaz de ver, em tempo real, as movimentações internas e no entorno da sua residência por meio de desktops ou apps instalados em dispositivos móveis. Tudo isso com o suporte de câmeras de segurança bastante modernas, que permitem acionar de longe, por exemplo, as luzes da residência, de repente, e, de certa forma, guiar supostos invasores em direção à saída, já que consegue controlar a abertura e o fechamento das portas do imóvel.

Quando a ação das câmeras é combinada com sensores, a captação de imagens pode se tornar mais assertiva, já que a gravação será iniciada apenas quando os sensores identificarem a aproximação de alguém.

. Controle remoto de acesso

Esquecer algo importante em casa deixará de ser um problemão caso você não possa retornar para buscar. Isto porque as fechaduras eletrônicas podem ser abertas ou trancadas à distância. Nesse cenário, você poderá abrir as portas para que um colega ou vizinho, por exemplo, pegue o item esquecido e leve até você, ou envie via algum app de transporte de entregas. O ato de entrar na sua casa ou escritório poderá ser monitorado por meio das câmeras instaladas no ambiente.

No Sistema Integrado de Segurança, aliás, você pode habilitar as fechaduras eletrônicas para que, ao chegar em casa e abrir a porta, todas as luzes e equipamentos configurados sejam automaticamente ligados.

Aí sim o espetacular mundo dos Jetsons ficará a seu alcance, porque a cafeteira, por exemplo, já estará programada para preparar o café que estará te esperando, quentinho, ao término do seu banho!

.Alertas no dispositivo

Os dispositivos móveis, indispensáveis em nosso cotidiano, protagonizam as inovações descritas acima e compõem boa parte dos sistemas de segurança doméstica. Quando integrados, já são capazes de emitir notificações de texto a cada anormalidade detectada.

A vantagem é que, indiferente de onde estejam, os moradores podem tomar decisões mais rápidas em eventual invasão ou “sinal de fumaça”. Fica mais fácil monitorar as atividades de crianças e adolescentes, que já podem ficar em casa sozinhos durante a ausência dos pais.

#PraTodosVerem: fotografia colorida de uma sala de estar com o sistema integrado de segurança doméstica. Ao centro, a mão de uma mulher que segura um celular cuja tela exibe o aplicativo aberto que projeta os itens para além da tela, mostrando que o aplicativo permite conectar e controlar equipamentos da casa pelo celular. Os itens exibidos para selecionar o controle são: ventilador, geladeira, televisão, câmera, acender e apagar as luzes, ajustar a temperatura do ar condicionado, a máquina de lavar e ativar o modo segurança. Ao fundo, a sala iluminada com luz natural do sol que entra através das portas de vidro, com um sofá cinza e uma mesa de centro de madeira.

A Vivo já contempla em seu cardápio de opções ferramentas muito úteis para você, que quer tornar sua casa mais protegida e hiperconectada. Clique e confira, afinal,  como diz a velha frase…”o seguro morreu de velho” e trabalhar com segurança é acreditar que você e sua família são as ferramentas mais importantes da sua vida!

Fonte: Dialogando - Sistema Integrado de Segurança: a tecnologia a favor da vida (2022)

Deixe uma resposta

O campo mensagem deve conter pelo menos 3 caracteres
Sistema Integrado de Segurança: a tecnologia a favor da vida 2022-05-20 01:01:54
Newsletter

Receba nossas notícias e fique por dentro de tudo ;)