ead-e-o-acesso-a-educacao

EaD: a tecnologia na democratização do acesso

EaD: a tecnologia na democratização do acesso

Quando pensamos em EaD – sigla para Ensino a Distância –, logo relacionamos a modalidade de ensino à tecnologia.  Cursos online que podem ser assistidos a qualquer momento, de qualquer dispositivo com acesso à internet, inclusive smartphones, não pareciam possíveis há alguns anos atrás.

No Brasil, o registro mais antigo da modalidade de ensino à distância é de 1904, com um curso de datilografia que poderia ser feito por correspondência. 

De acordo com o Portal EAD, atualmente no Brasil são oferecidos mais de 1.800 cursos desde Ensino Fundamental até pós-graduação.

Conversamos com Mara Yáskara Nogueira Paiva Cardosodoutora em Educação, pós-graduada em Educação a Distância e Educação Especial e avaliadora do Ensino Superior no MEC/INEP, sobre os benefícios do EaD na educação e como a tecnologia ajudou na popularização do método. 

Também falamos sobre algumas plataformas de ensino a distância e sobre as vantagens de optar por uma graduação ou especialização nesta modalidade.

ead-e-o-acesso-a-educacao

A principal vantagem do EaD é a acessibilidade e a democratização do acesso ao ensino

“Nos dias de hoje, podemos dizer que temos, praticamente, um polo de apoio presencial em cada cidade brasileira. Estudar nunca esteve tão acessível a todos como atualmente”, afirma Mara.

O ensino à distância pode eliminar o tempo que utilizamos no deslocamento até a instituição de ensino, reduzir gastos como gasolina e passagem de transporte público, além de ter o material disponibilizado para acesso a qualquer hora. Sobre isso Mara enfatiza: 

“Para os alunos, existe a possibilidade de estudar a qualquer momento e em qualquer lugar, tendo o apoio das tecnologias da informação e da comunicação. ” 

A doutora comenta que com a popularização dessa modalidade de ensino, os professores ganharam mais oportunidades de trabalho além de um método diferente para a aplicação das aulas. 

“A profissão do professor jamais deixará de existir. Sempre, a escola se faz com professores e alunos. Mas os professores se atualizaram conforme o mercado exigiu, o que gerou maiores oportunidades de trabalho docente. ”

Vale ressaltar que apesar da distância e da facilidade de acesso, o professor está sempre presente em todas as etapas do processo, e o EaD não visa substituir a profissão. 

“Os ambientes virtuais de aprendizagem se fazem da sala de aula virtual nos cursos a distância. Alunos e professores compartilham esse local virtual, onde as aulas são disponibilizadas, assim como os vídeos e atividades, permitindo que cada aluno possa estudar livremente acessando seu tutor para dúvidas, por exemplo”, explica Mara.

Conheça algumas plataformas de cursos EaD 

Udemy

Plataforma Udemy possui mais de 100 mil cursos no catálogo, disponibilizados a partir do valor de R$21,90, com duração variada. Os conteúdos são separados por categorias como Negócios, Marketing, Design e Comunicação. Basta o aluno escolher o curso de sua preferência e fazer a inscrição. A plataforma também oferece um pacote de assinaturas para empresas, o Udemy for Business, que visa disponibilizar centenas de cursos para os funcionários.

Portal da Educação

Já o Portal da Educação oferece cursos diversos nas áreas de Tecnologia, Biologia e Engenharia, entre outras. Os cursos têm variadas cargas horárias, e a plataforma também possui planos de assinaturas, com acesso ilimitado aos cursos da sua preferência, a partir de 12x de R$44,90. Contudo, para os usuários que buscam um curso específico, também é possível realizar a inscrição individual, com valores a partir de R$ 130. 

Outras formas de fazer um Curso Online

Além das plataformas de cursos livres, atualmente as maiores faculdades privadas do Brasil também oferecem cursos EaD em seu catálogo. 

É possível encontrar cursos de graduação e pós-graduação à distância, além de cursos livres oferecidos pelas universidades. Para conhecer todas as graduações EaD e as universidades credenciadas, é possível consultar o site do MEC.

No Brasil, a ABED (Associação Brasileira de Educação a Distância) é responsável pelo desenvolvimento da educação aberta e flexível no país, com o objetivo de mostrar que educação a distância é viável sob diversos pontos de vista – acadêmico, pedagógico, econômico e legal, além de contribuir para o desenvolvimento do conceito, métodos e técnicas que promovam a educação aberta flexível e a distância. 

Atualmente, a associação conta com mais de 17 mil membros, entre professores, pesquisadores, profissionais das áreas de educação e corporativa e instituições de ensino.

Os cursos à distância são uma forma acessível de levar o ensino até as pessoas que não dispõe de tempo no dia a dia para frequentar a universidade presencialmente, mas ambas modalidades de ensino à distância e presencial continuam existindo simultaneamente. 

E você, já fez ou se interessou em fazer algum curso a distância? Conte pra gente nos comentários 😉

Fonte: Vivo Dialogando - EaD: a tecnologia na democratização do acesso (2019)

Deixe uma resposta

O campo mensagem deve conter pelo menos 3 caracteres
Newsletter

Receba nossas notícias e fique por dentro de tudo ;)